16298699_1446327222058572_6132737782311881097_n.jpg

A Gestão e Concepção de Produções e a Direcção de Arte no Ensino do Cinema

No pró­ximo fim de semana, o curso de cinema cine­ma­lo­gia’ irá abor­dar o pro­cesso de Ges­tão e Con­cep­ção de Pro­du­ções Cine­ma­to­grá­fi­cas, com a ori­en­ta­ção de Fer­nando Ven­drell, e Direc­ção de Arte’ com Cate­rina Cuci­notta. As ins­cri­ções con­ti­nuam dis­po­ní­veis para os módu­los rema­nes­cen­tes do curso. 

Gestão e Concepção de Produções

O filme, nas suas diver­sas fases de pro­du­ção (escrita, desen­vol­vi­mento, finan­ci­a­mento, pre­pa­ra­ção, roda­gem, pós-pro­du­ção e comer­ci­a­li­za­ção), con­juga uma infi­ni­dade de situ­a­ções e parâ­me­tros onde aspe­tos téc­ni­cos e huma­nos se con­ju­gam com tec­no­lo­gia e arte. Do pro­jeto ao orça­mento, do orça­mento ao finan­ci­a­mento, pro­du­ção ou co-pro­du­ção. A forma como se fazem esco­lhas e opções tra­zem uma espe­ci­fi­ci­dade a cada filme: o seu carác­ter único.

Fernando Vendrell

Fernando Vendrell
Produtor e Realizador

Fer­nando Ven­drell nas­ceu em 1962, Lis­boa. Estu­dou no Liceu Pedro Nunes. Em 1985 for­mou-se em Mon­ta­gem na Escola Supe­rior de Tea­tro e Cinema/​IPL no Con­ser­va­tó­rio Naci­o­nal. Foi assis­tente de rea­li­za­ção e tra­ba­lhou com rea­li­za­do­res, como: Manoel de Oli­veira, João César Mon­teiro, José Fon­seca e Costa, Raoul Ruiz, João Canijo, Manuel Mozos, Luís Alva­rães, etc. . 

Direcção de Arte

Torna rea­li­dade o mundo cri­ado pelo Argu­men­tista e pelo Rea­li­za­dor. As com­pe­tên­cias de dire­ção artís­tica, a sua espe­ci­fi­ci­dade e o seu enqua­dra­mento num pro­jeto cine­ma­to­grá­fico serão alvo de aná­lise, a fim de per­ce­ber a magia do grande ecrã.

Caterina Cucinotta

Caterina Cucinotta
Direção de Arte

É Dou­to­rada em Ciên­cias da Comu­ni­ca­ção na Uni­ver­si­dade Nova de Lis­boa (2015). Defende que a união entre a prá­tica e a teo­ria na pro­fis­são é fun­da­men­tal para esti­mu­lar a cri­a­ti­vi­dade, enri­que­cer um filme com ideias e cita­ções e com­pre­en­der a fundo os con­cei­tos que o rea­li­za­dor quer trans­mi­tir.

+ info em: http://​cami​nhos​.info/​p​t​/​c​i​n​e​m​a​l​o​g​i​a​/​m​o​dulos

Related Posts