Programação

leilao-e1417888098876.jpg

Caminhos ajudam a desenvolver e despertar consciências.

O fes­ti­val Cami­nhos do Cinema Por­tu­guês tem vindo a mere­cer a aten­ção e o apoio cres­cen­tes de vari­a­das ins­ti­tui­ções regi­o­nais e naci­o­nais, com um con­junto de ini­ci­a­ti­vas e acti­vi­da­des de rele­vân­cia ine­gá­vel, para a apro­xi­ma­ção da soci­e­dade por­tu­guesa ao nosso cinema, esti­mu­lando a sua aten­ção e curi­o­si­dade, indo de encon­tro ao papel social, que acre­di­ta­mos, que o fes­ti­val Cami­nhos tem vindo a desen­vol­ver e des­per­tando cons­ci­ên­cias.

saber mais

Fotos-João-Sá-e-Sousa-24-e1417866987790.jpg

20 Anos a mostrar todo o Cinema Português

Após a sua XX edi­ção o fes­ti­val Cami­nhos con­ti­nua a pro­mo­ver a cine­ma­to­gra­fia naci­o­nal. Durante o mês de dezem­bro pro­move o ciclo “20 Anos de Cinema Por­tu­guês”, com entrada livre, onde são exi­bi­dos alguns fil­mes mais mar­can­tes de cada uma das suas edi­ções. O fes­ti­val pro­põe a todos os espec­ta­do­res e ciné­fi­los uma expe­ri­ên­cia vasta de conhe­ci­mento das mais vari­a­das obras por­tu­gue­sas con­se­guindo pro­por­ci­o­nar uma intros­pec­tiva do que é, o que foi e o que será o cinema por­tu­guês.

saber mais

vitor-discurso-encerramento.jpg

Discurso de Encerramento

A semana que se ini­ciou a 14 de Novem­bro tem sido muito espe­cial. Ape­sar de ter coin­ci­dido com uma sexta-feira, a semana dos Cami­nhos é uma tem­po­rada fora do tempo comum. É-o para mim, para todos os ele­men­tos da orga­ni­za­ção e cola­bo­ra­do­res, rea­li­za­do­res e acto­res, artis­tas em geral, e ciné­fi­los.
O sen­ti­mento que sobre­sai de toda esta semana, deverá ser gra­ti­dão. Gra­ti­dão por toda esta cola­bo­ra­ção intensa de todos os envol­vi­dos, sem esque­cer os nos­sos patro­ci­na­do­res que foram fun­da­men­tais para man­ter viva a chama do fes­ti­val. A nossa equipa é com­posta pri­mor­di­al­mente por volun­tá­rios, cujo prin­ci­pal retorno que têm é ver cum­prida a sua tarefa de sal­va­guarda cul­tu­ral deste pro­jecto.

saber mais

15859523062_b9c0259f7b_k.jpg

Jorge Pelicano foi o grande vencedor da noite

Sábado, 22, foi o último dia da XX edi­ção do Fes­ti­val Cami­nhos do Cinema Por­tu­guês, que cul­mi­nou com a Ceri­mó­nia de Entrega de Pré­mios, no TAGV, em Coim­bra. A Gala de Encer­ra­mento con­tou com a pre­sença em palco de Soraia Cha­ves e Vicente Alves do Ó, repre­sen­tan­tes do Júri da Selec­ção Cami­nhos. Jorge Peli­cano, rea­li­za­dor de Pára-me de Repente o Pen­sa­mento”, foi três vezes galar­do­ado durante o serão.

saber mais

unnamed.jpg

Crónicas de Programação – V

Con­si­de­ra­mos o Cinema Por­tu­guês uma obra ela­bo­rada por várias mãos. É inte­res­sante repa­rar no fenó­meno de novos rea­li­za­do­res que bro­tam anu­al­mente, com inte­res­san­tes pro­du­ções que mere­cem ser mos­tra­das. Não é por acaso que sur­giu a cate­go­ria Selec­ção Novís­si­mos’ que tem no seu cerne a ide­o­lo­gia de mos­trar pri­mei­ras obras, cuja ins­pi­ra­ção é vari­ada.

saber mais

15347849847_e9c3516cd1_k-e1416151246120.jpg

Crónicas da Programação – III

O mundo oní­rico ser­virá sem­pre de ins­pi­ra­ção aos nos­sos artis­tas, não é por acaso que se des­per­tou auto­ma­ti­ca­mente a temá­tica Sonhar e Fic­ci­o­nar em Por­tu­guês’, em que o mundo dos sonhos e da fic­ção cri­ada entram em com­pleta har­mo­nia. O mundo ideal pode, assim, ser sonhado e fic­ci­o­nado em cinema.

saber mais