10420310_903790706312229_5045544908921003209_n.jpg

Cinemalogia avança com primeiro módulo de Argumento


Tiago R. San­tos, argu­men­tista res­pon­sá­vel pelas séries Filhos do Rock” e Conta-me como Foi”, estará em Coim­bra a lec­ci­o­nar o pri­meiro módulo de argu­mento do curso Cine­ma­lo­gia – Da Ideia ao Filme. Orga­ni­zado pelo fes­ti­val Cami­nhos do Cinema Por­tu­guês, o curso Cine­ma­lo­gia – Da Ideia ao Filme con­ti­nua nos pró­xi­mos dias 6 e 7 de Dezem­bro.

Depois dos módu­los de cinema docu­men­tal, ani­ma­ção tra­di­ci­o­nal, rea­li­za­ção de vide­o­cli­pes e his­tó­ria e lin­gua­gem do cinema, os for­man­dos entram, agora, na fase de pré-pro­du­ção da curta-metra­gem que será pro­du­zida ao longo do curso.

O pró­ximo momento for­ma­tivo terá como tema o argu­mento e será lec­ci­o­nado por Tiago R. San­tos, argu­men­tista de renome no pano­rama cine­ma­to­grá­fico e tele­vi­sivo naci­o­nal.

No decor­rer dos pró­xi­mos módu­los, os for­man­dos terão a pos­si­bi­li­dade de arqui­tec­tar a curta que irão rodar, pre­vendo a sua orça­men­ta­ção, finan­ci­a­mento e equipa de pro­du­ção.

As ins­cri­ções ainda estão aber­tas, em www​.cami​nhos​.info/​c​i​n​e​m​a​logia, e con­tam com con­di­ções espe­ci­ais para estu­dan­tes e público junior.

Formador

Tiago R. Santos
Argumentista

Tiago R. San­tos nas­ceu em 1976 e, depois de uma curta car­reira como jor­na­lista, ini­ciou o seu tra­ba­lho de argu­men­tista em 2007 com Call Girl. 

Tiago R. Santos

Outros Módulos

  • Argumento <span class="numbers">2</span>

    Argumento 2

    Com base nos argu­men­tos cri­a­dos pelos alu­nos durante o módulo de Argu­mento 1, esta segunda fase irá con­cen­trar-se no fun­da­men­tal pro­cesso de rees­crita.

    2021 de Dezem­bro 2014
    Sócios CEC & Juni­o­res 50
    Estu­dan­tes 60
    Early Bird 75
    Público Geral 100

  • Argumento <span class="numbers">1</span>

    Argumento 1

    O argu­mento é a base de qual­quer pro­jecto cine­ma­to­grá­fico. Sem a pala­vra escrita, não há nada para pro­du­zir, inter­pre­tar ou rea­li­zar. O módulo de Argu­mento I ofe­rece aos for­man­dos as fer­ra­men­tas neces­sá­rias à escrita de um guião para curta-metra­gem.

    6 & 7 de Dezem­bro 2014
    Sócios CEC & Juni­o­res 50
    Estu­dan­tes 60
    Early Bird 75
    Público Geral 100€ 

  • História e Linguagem do Cinema

    História e Linguagem do Cinema

    A for­ma­ção, na medida em que com­bina his­tó­ria e lin­gua­gem fíl­mica, foi pen­sada para arti­cu­lar essas duas dimen­sões, apre­sen­tando a cons­ti­tui­ção e evo­lu­ção da lin­gua­gem do cinema a par dos gran­des momen­tos da sua his­tó­ria: o pré-cinema e o cinema pri­mi­tivo, os fun­da­do­res, o cinema clás­sico, a tran­si­ção neo-rea­lista para a Nou­velle Vague e para as várias for­mas de pôr em causa o modo de pro­du­ção e de roda­gem her­da­dos do período clás­sico, ter­mi­nando numa breve dis­cus­são da ques­tão do pós-cinema.

    29 de Novem­bro 2014
    Sócios CEC & Juni­o­res 35
    Estu­dan­tes 55
    Early Bird 55
    Público Geral 70€ 

  • Equipas, Financiamento e Aspectos Legais

    Equipas, Financiamento e Aspectos Legais

    A divi­são da equipa de cinema por sec­to­res e áreas espe­cí­fi­cas de tra­ba­lho é o sis­tema mais efi­caz para con­se­guir orga­ni­zar uma tarefa de ele­vada com­ple­xi­dade que é a pro­du­ção de um filme. A exis­tên­cia de um labor minu­ci­oso, sen­sí­vel, ético e polí­tico durante a pro­du­ção de um filme é algo que não é visí­vel ao assis­tir­mos à sua pro­je­ção numa sala de cinema. Quanto mais sub­til e sólido for este tra­ba­lho, mais des­ta­cado é o seu valor, que iro­ni­ca­mente é cele­brado atra­vés da sua apa­rente ine­xis­tên­cia.

    13 & 14 de Dezem­bro 2014
    Sócios CEC & Juni­o­res 35
    Estu­dan­tes 55
    Early Bird 55
    Público Geral 70€ 

Related Posts