História e Linguagem do Cinema


RESUMO

O cinema e os meios audiovisuais têm uma linguagem própria? O que os diferencia e o que os aproxima da literatura, do teatro, da música, das artes plásticas? Planos, enquadramentos, ângulos, movimentos, montagem, ritmo, sinopse, argumento, guião, produção, pós-produção, realização e o olhar distinto de cada espectador.

 

DATA & LOCAL

10 e 11 de Dezembro de 2016
9h00 — 18h00 (16h)

Sala de Produção do Teatro Académico de Gil Vicente


Condição Preço
Estudantes 60 €
Público 80€

PLANO DA SESSÃO

Em dois dias, numa abordagem intensiva (oito horas por dia), o programa estabelece-se.
Primeira abordagem: há uma linguagem cinematográfica, logo também audiovisual? Vamos exemplificar e discutir.

Segunda abordagem: da pré-história ao digital: os primeiros filmes, o cinema americano clássico, Griffith, o expressionismo, o cinema soviético, o surrealismo, do mudo ao sonoro. O cinema da Grande Depressão, entre duas guerras, Welles, o neo-realismo, a nouvelle vague, os novos cinemas, o regresso da grande aventura nos EUA, os independentes, a atualidade, o digital.

Formador

José Alberto PinheiroHistória e Linguagem do Cinema

Realizador e produtor de cinema com percurso que vai da curta-metragem experimental à longa-metragem comercial, passando pelo documentário e televisão. Especialista em Artes da Imagem e mestre em Comunicação Audiovisual - Produção e Realização, pela Escola Superior de Música, Artes e Espetáculo. Professor do ensino superior nas áreas de estudos visuais, vídeo e cinema.  Desenvolve trabalho de investigação nos campos da imagem em movimento, cultura popular e filosofia.

José Alberto Pinheiro

Outros Módulos