3 – Escrever sobre Cinema

Des­cri­ção:
O cinema escreve-se? Ou só se vê? Como se deve fazer um cri­tica de cinema e quais os fac­to­res a ter em conta na hora de trans­mi­tir o nosso ponto de vista a um público mais vasto? Este workshop pre­tende explo­rar o campo da escrita sobre cinema e audi­o­vi­sual, pro­cu­rando for­ne­cer ins­tru­men­tos de tra­ba­lho a quem regu­lar­mente vê, ana­lisa e comenta as pro­du­ções cine­ma­to­grá­fi­cas no espaço mediá­tico que nos rodeia.

Con­teú­dos Pro­gra­má­ti­cos:


Outras Infor­ma­ções:

Datas – 2023 de Abril de 2009
Horá­rio – 14h às 19h
Lugar – Edi­fí­cio AAC
Limite de Par­ti­ci­pan­tes – 20
Horas de For­ma­ção – 20
Frequên­cia Mínima – 70%
Preço Workshop – Sócios CEC/​AAC 40€ Público em Geral 50

Notas:

Na frequên­cia de mais do que um workshop bene­fi­cie de um des­conto de 25% sobre o total
A frequên­cia dos workshops dá direito a Livre Trân­sito para todas as ses­sões do Fes­ti­val

Cur­ri­cu­lum Vitae do For­ma­dor:
Fer­nando Mateus
Fre­quen­tou o 3º ano do curso de Enge­nha­ria Elec­tro­téc­nica do Ins­ti­tuto Supe­rior Téc­nico. Foi Jor­na­lista, Docente Uni­ver­si­tá­rio e Pro­du­tor Radi­o­fó­nico, na área do cinema, e Pro­du­tor de Vídeo.
Fre­quen­tou cerca de 25 workshops e outras acções de for­ma­ção nas áreas do cinema e do audi­o­vi­sual. Como tra­ba­lhos rele­van­tes com inci­dên­cia na área foi: mem­bro da Direc­ção do Núcleo de Cine­as­tas Inde­pen­den­tes em 1969,com diver­sos fil­mes rea­li­za­dor em 8mm, Super816mm. Foi Comis­sá­rio para as come­mo­ra­ções do tri­gé­simo ani­ver­sá­rio do 25 de Abril na Xoci­viga (Galiza); Autor do livro Téc­ni­cas da Ani­ma­ção” e autor do texto do catá­logo A His­tó­ria da Ani­ma­ção”, ambos publi­ca­dos pelo CNBDI; Cri­a­dor e web­mas­ter, desde 1994, do site FM​-Media​.net”, exclu­si­va­mente dedi­cado ao cinema; Foi fun­da­dor e direc­tor do pro­grama de rádio sema­nal Grande Écran”, de 80% do país e ilhas;
Foi mem­bro da Comis­são Exe­cu­tiva e redac­tor do bole­tim Fes­ti­val”, do Fes­ti­val Inter­na­ci­o­nal de Cinema da Figueira da Foz, entre 19862001; Foi autor do catá­logo do fes­ti­val Ulis­ses, nas duas pri­mei­ras edi­ções; cola­bo­ra­ções na área de cinema de diver­sas publi­ca­ções, casos dos jor­nais 24 Horas”, Jor­nal de Sin­tra”, Diá­rio das Bei­ras”, Diá­rio do Sul”, Sin­tra Ilus­trado”, Bole­tim 921” e Cor­reio da Cidade” e de revis­tas, como a Pre­mi­ere” e a Revista de Cinema” da Fede­ra­ção Por­tu­guesa de Cine­clu­bes; Foi mem­bro de júris e cola­bo­ra­dor de mais de dez fes­ti­vais de cinema em Por­tu­gal; Foi res­pon­sá­vel pela cober­tura jor­na­lís­tica de mais de uma dezena de fes­ti­vais no nosso país e alguns no estran­geiro, casos de San Sebas­tián (País Basco), Gra­mado (Bra­sil) e Poi­ti­ers (França).