DSC6042.jpg

Al Berto” e A Mãe É Que Sabe” são destaques no terceiro dia dos Caminhos do Cinema Português

São oito o número de ses­sões do ter­ceiro dia do Cami­nhos Film Fes­ti­val, que incluem a série-docu­men­tal No Tri­lho dos Natu­ra­lis­tas”.

O período da manhã reserva o pro­ta­go­nismo aos mais jovens. Será mais uma ses­são dos Cami­nhos Juni­o­res, pelas 10 horas, no Tea­tro Aca­dé­mico de Gil Vicente, ini­ci­ando o ter­ceiro dia de fes­ti­val.

Às 14h30, no Mini-Audi­tó­rio Sal­gado Zenha, é exi­bido o pri­meiro filme da sec­ção No Tri­lho dos Natu­ra­lis­tas”, nome­a­da­mente Moçam­bi­que”, de João Nico­lau. Esta sec­ção abrange qua­tro fil­mes-docu­men­tá­rio pro­du­zi­dos no âmbito de um pro­jeto de inves­ti­ga­ção co-finan­ci­ado pelo Ciên­cia Viva/​QREN, nos quais se apre­sen­tam os tri­lhos per­cor­ri­dos por inves­ti­ga­do­res da Uni­ver­si­dade de Coim­bra nas suas expe­di­ções botâ­ni­cas a S. Tomé e Prín­cipe, Angola e Moçam­bi­que, docu­men­tando as Via­gens Filo­só­fi­cas” rea­li­za­das por cien­tis­tas por­tu­gue­ses no século XVIII.

Às 15 horas, no TAGV, pode­mos con­tar com mais uma ses­são da Sele­ção Cami­nhos, dedi­cada exclu­si­va­mente aos Seni­o­res, com A Mãe É Que Sabe”, ses­são que con­tará com a pre­sença do rea­li­za­dor Nuno Rocha e da pro­du­tora San­dra Paulo.

De volta ao Mini-Audi­tó­rio Sal­gado Zenha, pelas 16h30, terá iní­cio mais uma ses­são da Sele­ção Ensaios Inter­na­ci­o­nais, onde pode assis­tir-se à ani­ma­ção Ys”, ao drama fic­ci­o­nal Dream” de Kang Shin Gyu, à curta Wai­ting Time” de Clara Stern, Dragon´s Wing” da búl­gara Anto­nia Mil­cheva e Mathias”, nova­mente de Clara Stern, pro­du­zido pela Film Aca­demy Vienna.

Uma nova ses­são da Sele­ção Cami­nhos será pelas 17h30, de novo no TAGV, tra­zendo o filme Où en êtes-vous, João Pedro Rodri­gues?”, docu­men­tá­rio rea­li­zado por João Pedro Rodri­gues, ao que se segue o des­ta­que Al Berto”, que con­tará com a pre­sença do seu rea­li­za­dor, Vicen­tes Alves do Ó, e ainda do seu pro­ta­go­nista, Ricardo Tei­xeira.

A con­cor­rer tam­bém pela Sele­ção Ensaios, mas desta feita a nível naci­o­nal, esta­rão em exi­bi­ção pelas 18 horas, no Mini-Audi­tó­rio Sal­gado Zenha, os fil­mes Obso­les­cence” de Nuno Braum­man, Las Dos Mita­des” de Gwenn Joyaux, Limo­eiro” de Joana Silva, End” de Pedro Car­neiro, O Regresso” de Pedro Branco, “78.4 Pluto Rádio”, fic­ção de Tiago Amo­rim, Banho de Para­gem” com a coor­de­na­ção de rea­li­za­ção de Nuno Rocha, e Gapi­arra” de Celso Rosa.

Às 19h45 inau­gura-se nesta 23ª edi­ção a sec­ção Cami­nhos Mun­di­ais, tam­bém no Mini-Audi­tó­rio Sal­gado Zenha, com a curta de Maciej Barc­zewski, My Pretty Pony”, Grandpa Online” do japo­nês Ian Lui, Mother” de Pio­trek Gole­bi­owski e a curta fic­ci­o­nal de Petra Barkhau­sen, In Ayahs Eyes”. Esta sec­ção trata-se de uma intro­du­ção à cine­ma­to­gra­fia mun­dial aos dife­ren­tes públi­cos, sendo que nesta 23ª edi­ção dos Cami­nhos do Cinema Por­tu­guês, os temas são a impor­tân­cia da famí­lia na nossa vida e a vida no estran­geiro.

A ses­são das 21h45 no TAGV, nova­mente da Sele­ção Cami­nhos, ini­cia-se com o filme Laranja Ama­relo” de Pedro Augusto Almeida, pros­se­guindo-se a estreia do por­tu­guês André Mar­ques com Câmara Nova”, con­tando com a sua pre­sença nesta ses­são. Antó­nio Um Dois Três” de Leo­nardo Moura Mateus é o último filme can­di­dato em exi­bi­ção no ter­ceiro dia, sendo que Miguel Ribeiro, pro­du­tor do mesmo, mar­cará pre­sença na exi­bi­ção do filme.

SaveSave

Related Posts