Cinemalogia II – O arranque

Começa já no pró­ximo fim de semana o curso de for­ma­ção que, da ideia ao filme dá a conhe­cer todo o pro­cesso de cri­a­ção de uma obra cine­ma­to­grá­fica.

No dia 24 de Novem­bro Paulo Granja, mes­tre e dou­to­rando na Facul­dade de Letras da Uni­ver­si­dade de Coim­bra, abor­dará alguns dos prin­ci­pais movi­men­tos euro­peus do cinema do século XX, desde o cha­mado cinema dos pri­mei­ros tem­pos” ao cinema das novas vagas” dos anos 60, dando par­ti­cu­lar aten­ção à afir­ma­ção do cinema como arte, nome­a­da­mente por opo­si­ção ao cinema comer­cial”, e às dife­ren­tes con­cep­ções teo­ri­cas e esté­ti­cas que lhe ser­vi­ram de suporte.

Ainda no mesmo fim de semana, no dia 25 de Novem­bro Paulo Cunha, dou­to­rando em Estu­dos Con­tem­po­râ­neos na Uni­ver­si­dade de Coim­bra e inves­ti­ga­dor no Cen­tro de Estu­dos Inter­dis­ci­pli­na­res do Séc. XX da mesma uni­ver­si­dade, leci­o­nará o módulo de Lin­gua­gem Cine­ma­to­grá­fica. O objec­tivo desta ses­são será dar a conhe­cer os ele­men­tos bási­cos da lin­gua­gem cine­ma­to­grá­fica e conhe­cer alguns dos deta­lhes téc­ni­cos que a aju­dam á expres­são artís­tica na sua ple­ni­tude.

Por último, no fim de semana 1 e 2 de Dezem­bro, Tiago R. San­tos, autor de argu­mento de fil­mes como Atrás das Nuvens ‘ (co-autor), Call Girl’ e A Bela e o Papa­razzo’ , leci­o­nará a pri­meira parte do módulo de Argu­mento. Módulo que ofe­rece aos for­man­dos as fer­ra­men­tas neces­sá­rias à escrita de um guião para curta-metra­gem, seja atra­vés da aná­lise de fil­mes, de exer­cí­cios prá­ti­cos ou de expo­si­ções teó­ri­cas e tem ainda como objec­tivo criar com­pe­tên­cias na cri­a­ção de per­so­na­gens, escrita de diá­lo­gos e estru­tura dra­má­tica, pos­si­bi­li­tando que todos os for­man­dos con­si­gam, no termo do módulo, ter uma sinopse alar­gada da sua pró­pria his­tó­ria que lhes per­mita evo­luir para o pro­cesso de escrita do argu­mento.