20 Anos: O Rock em Coimbra

Esta semana o Ciclo 20 Anos de Cinema Português é dedicado ao Rock de Coimbra. Iremos exibir os documentários:

— Filhos do Tédio de Rita Alcaire e Rodrigo Lacerda

— Rockumentário de Sandra Castiço

— Breve História do Rock de Coimbra de Rita Alcaire e Rodrigo Lacerda.

Após a exibição dos filmes realizar-se-á a Master Session 'As bandas dos anos 90 em Coimbra'

Moderador:

Fausto da Silva

Convidados:

Victor TorpedoCarlos Dias e Tracy Vandal

Entrada Livre. 22 horas Mini-Auditório Salgado Zenha.

Pode rever a mastersession aqui.

Filhos do Tédio

Esta é a história de uma das exportações mais famosas de Coimbra, os Tédio Boys. Primeiros do género com visibilidade e, mais do que outra etiqueta, atitude. Mostraram uma forma de estar na vida partilhada por um grupo de indivíduos: noite, exageros, divertimento, criatividade, música e mudaram a paisagem da cidade desde a sua aparição. Mais, foram os primeiros a exigir o seu lugar numa cidade dominada pela Universidade e por adultos. Por isso, foram sujeitos a reações que vale a pena analisar. A hora de reflexão sobre o fenómeno mais curioso da década passada em Coimbra nunca poderá chegar a um juízo definitivo que saiba catalogar com precisão o trabalho e a influência da banda. Este documentário dá conta da realidade nesse período de transição focando-se nos seus momentos chave.

Ficha Técnica

Realização
Rita Alcaire
Rodrigo Lacerda
Duração
48'

Ano
2007

Rockumentário

Kaló, Filipe, Calhau e André personificam o rock'n'roll que define os Bunnyranch, uma das mais estimulantes bandas portuguesas, surgida do contexto rock'n'roll que caracteriza Coimbra. Com apenas 4 anos de vida, um Ep e um Lp lançados contam já com actuações em Espanha, Holanda, Inglaterra e por todo o país. O seu som incaracterístico e explosivo aliado à sua postura em palco são uma das marcas da banda. É acompanhando os quatro de perto, na sua relação com os amigos, a música e a cidade, que nos apercebemos que é a sua atitude, carisma e estilo de vida peculiar que os distingue, fazendo deles uma banda tão promissora. Os Bunnyranch parecem imparáveis, no entanto algo vai acontecer que mudará a banda para sempre.

Ficha Técnica

Realização
Sandra Castiço
Produção
António Ferreira
Duração40'
Ano
2006

Breve História do Rock de Coimbra

Trabalho que relata a produção musical rock na cidade de Coimbra, assim como os espaços associados a esta nas décadas de 1980 e 1990. Realizado para a 4º Gala da Rede Universidade de Coimbra.

Ficha Técnica

Realização
Rodrigo Lacerda
Rita Alcaire Duração5'
Ano
2010

Fausto da Silva

FAUSTO DA SILVA (n. 1963) Meio século de vida… 30 anos de rádio … Nasceu para a rádio em 82. Primeiro CER/AAC e depois RUC. Quando a rádio dos estudantes sintonizou a cidade de Coimbra, levou para o éter a música portuguesa. Baptizou o rebento de Canto Lusitano. Hoje continua a divulgar a música nacional. O Santos da Casa é o mais antigo programa de música portuguesa a emitir. Já lá vão mais de 20 anos. Colaborou com alguns jornais, rádios e revistas. De destacar o jornal LP e a revista Ritual, só para citar alguns casos. Formou uma editora, com nome de estação de comboios, Coimbra B. Criou em Coimbra os Estúdios Agitarte, por onde passaram centenas de grupos de diversas sonoridades musicais. Organizou festivais e concursos. Correu o país a ver bandas mais e menos conhecidas. Fotografou centenas de artistas. Já agenciou bandas. Tem tantos discos, cds e cassetes de artistas portugueses que é difícil saber onde param todos. Hoje o Santos da Casa (programa de rádio, blog e facebook) ocupam parte do seu tempo. Continua a acreditar que a música portuguesa tem futuro.

Victor Torpedo

Victor Silveira, mais conhecido por Victor Torpedo nasceu em Coimbra, em 1972. Foi guitarrista dos Tédio Boys, formando mais tarde os Parkinsons e Blood Safari em Londres. Pertenceu ainda a outras bandas míticas como os 77, Tiguana Bibles, The Parkinsons e Objectos Perdidos. Paralelamente à sua carreira de músico trabalha como artista plástico. Actualmente pertence aos Subway Riders.

Fotografia de Miguel Driburg

Carlos Dias

Carlos Dias trabalhou durante cerca de 18 anos em editoras e distribuidoras de música, Musica Alternativa e Musicactiva. Desde 1989 integra os Subway Riders, que foram activos durante os 90 e agora desde 2011. Esteve ligado às rádios escolares, piratas e continua na Rádio Universidade de Coimbra como realizador e locutor. É um eterno apaixonado pela musica e pelos discos.

Tracy Vandal

Tracy Vandal começou a sua carreira musical em Glasgow, Escócia, numa banda chamada Dick Johnson, 1995, como guitarrista e vocalista. Na mesma altura é vocalista numa outra banda chamada “The Blisters” onde também actuava Alex Kapranos dos Franz Ferdinand.

Mais tarde muda-se para Londres onde integra a banda “Lincoln” onde atinge uma certa notoriedade no cenário country alternativo entrando em tourné com bandas como os “Tindersticks”, “Calexico” e “Lambchop”. Os “Lincoln” lançaram 5 álbuns.

Em 2009, durante as férias de verão em Coimbra, com Vítor Torpedo, Carlos Mendes (Kaló) e Pedro Serra (Portuguese Pedro) formam-se os “Tiguana Bibles”.

 

 

 

 

Voltar ao topo