Argumento 1 — Enquadramento Teórico

 

 

Vicente Alves do Ó

Vicente Alves do Ó assinou a sua entrada no mundo do cinema em 2000 com dois telefilmes da Sic/Animatógrafo 2 – Monsanto de Ruy Guerra e Facas e Anjos, de Eduardo Guedes e a colaboração no projecto de António-Pedro Vasconcelos Os Imortais. Depois de três curtas metragens e alguns argumentos para realizadores portugueses, estreou-se como realizador de longas-metragens em 2011 com “Quinze Pontos na Alma”, com Rita Loureiro, João Reis e Marcello Urghege. Em 2012 lançou o seu primeiro romance “Marilyn à beira-mar” e o filme “Florbela”, com Dalila Carmo, Ivo Canelas e Albano Jerónimo. Sucesso de bilheteira, vencedor de vários prémios, actualmente em digressão internacional por vários países e festivais do mundo.
Neste momento prepara a sua terceira longa-metragem.

 

Preço do Módulo

50€ / Sócio CEC
 60€ / Estudante
 70€ / Público-Geral

 

 

Argumento 1 — Enquadramento Teórico

07 + 08 de Dezembro
Departamento de Engenharia Informática, Universidade de Coimbra
9:00 — 18:00

Durante 4 sessões de trabalho iremos analisar, discutir e experimentar a arte do argumento. Do momento em que pensamos uma ideia até à sua execução final: o filme. Todos os dias ouvimos histórias, ideias disparatadas, biografias convincentes e em todas elas parece existir a possibilidade de cinema. Pois antes de tudo, é preciso aprender a separar uma boa ideia de uma boa, mas falsa ideia. Esta formação pretende não só testar as ideias, perceber o seu potencial e a sua viabilidade, ao mesmo tempo que através das técnicas à disposição, tentar materializá-las. Ao mesmo tempo, utilizando essas ferramentas, criar e fomentar a criação que apesar de escrita pode ser livre, plural e abordada de muitas e variadas maneiras. A arte do argumento também é pessoal e intransmissível.

Plano de sessão

07 de Dezembro
— Apresentação de ideias e possibilidades de argumento.
—Discussão, enquadramento teórico e prático, escolha e viabilidade de projectos apresentados ou sugeridos.
Que histórias e que cinema é que o mundo precisa.
Que histórias é que nós temos que contar?
Exercícios práticos.

08 de Dezembro
— Introdução à escrita de argumento.
— Construção narrativa e estrutura inicial do argumento.
— Exercícios práticos.