Direcção de Actores

 

Nuno Portugal

Nuno Portugal nasceu em Coimbra em 1982, mas passou a maior parte da sua vida em Seia onde cresceu. Em 2007 concluiu a sua Licenciatura em Estudos Artísticos direccionado para a vertente de cinema na Universidade de Coimbra.
Desde então realizou e editou inúmeros filmes e video clipes em colaboração com a PERSONA NON GRATA PICTURES (PNG). Enquanto na PNG teve a oportunidade de trabalhar, aprender e ganhar uma inestimável experiênciacom o seu mentor (produtor/realizador e fundador da PNG Pictures, António Ferreira).Como resultado dessa experiência, Nuno cresceu como artista e desenvolveu a sua própria voz e presença criativa,o que o levou a perseguir e produzir os seus próprios projectos. Para além do Cinema e do Video, uma das suas grandes paixões é a fotografia.
Dos vários prémios ganhos destaca-se o prémio Melhor Curta-Metragem In Tocha com o filme "O Voo da Papoila" na XVIIi edição do festival Caminhos do Cinema Português.

 

Preço do Módulo

 


View Larger Map

Direcção de Actores

29 + 30 de Março 2014
Estúdios UCV, Casa das Caldeiras, Universidade de Coimbra
9:00 — 18:00

When an actor comes to me and wants to discuss his character, I say, 'It's in the script.' If he says, 'But what's my motivation?, ' I say, 'Your salary.'

— Alfred Hitchcock

A definição da colocação e do movimento dos actores no espaço em função da iluminação, dos “decores” e do enquadramento do plano e dos movimentos de câmara, constituem, para além da representação propriamente dita, uma das tarefas funda- mentais da direcção de actores. Neste módulo, ver-se-á como a colocação e o movimento dos actores podem ser utilizados em conjunto com aqueles restantes elementos da “mise-en-scène”, a representação de ideias e sentimentos, os enquadramentos e os movimentos de câmara, para fins artísticos.

Para um realizador, saber trabalhar com actores resulta do equilíbrio de todas as decisões que ele mesmo toma, a partir do momento em que tem o argumento do seu filme sob seu inteiro domínio, isto é, a partir do momento em que sabe o que pretende com o filme que vai fazer e o que pretendem as suas personagens com as suas vidas. Mais do que moldar um actor ou uma actriz, será importante para o realizador, sobretudo, saber escolher, saber decidir e saber dirigir.

Partindo destes pressupostos e da análise de filmes clássicos e contemporâneos, o módulo terá uma componente teórico-prática que incluirá uma sessão de casting, a fim de garantir os actores para o projecto final.

Plano de Sessão

    1.    Da ideia ao filme
           Dualidade entre o argumento e o actor
 

    2.    As personagens

           Base de trabalho para o realizador e para o actor
           Escolhas, soluções e decisões
 

    3.    A câmara
           Elemento de desequilíbrio e foco/filtro da atenção
           Trabalho de actor/actriz para a câmara


    4.     O casting 
            Atenções especiais

            Saber prever capacidades e antever dificuldades

            Decidir e atribuir personagens
            Equilíbrios entre realização e produção

Durante a sessão haverá um exercicio de casting. Para mais informações clique aqui.