Resolve-FCP.jpg

Correcção de Cor com Manuel Pinto Barros

O Dire­tor de Foto­gra­fia Manuel Pinto Bar­ros é o for­ma­dor do Módulo de Cor­re­ção de Cor, no qual se pre­tende apro­fun­dar os sabe­res essen­ci­al­mente prá­ti­cos sobre a base de um pro­cesso de cor­rec­ção de cor, bem como a impor­tân­cia da cor, da luz e da som­bra, como con­du­tor visual e sen­so­rial.

No pró­ximo sábado, dia 16 de dezem­bro, tem iní­cio a for­ma­ção do módulo de cor­re­ção de cor da 7ª edi­ção do curso de cinema – Cine­ma­lo­gia”, no Depar­ta­mento de Enge­nha­ria Civil, ini­ci­ando às 9 horas e com fim pre­visto para as 18 horas. Numa com­po­nente mai­o­ri­ta­ri­a­mente prá­tica, será pre­ten­dido que os for­man­dos adqui­ram os conhe­ci­men­tos base de um pro­cesso de color grad­ding, para que adqui­ram a sen­si­bi­li­dade sobre a impor­tân­cia da cor, da luz e/​ou da som­bra, como con­du­tor visual e sen­so­rial de uma his­tó­ria.

Ins­cri­ções ainda aber­tas em www​.cami​nhos​.info/​c​i​n​e​m​a​logia

Manuel Pinto Barros

Manuel Pinto BarrosDirector de Fotografia

Manuel Pinto Bar­ros, licen­ci­ado em Cine-Video pela Esc. Supe­rior Artís­tica do Porto (Esap), em 2008. Após a con­clu­são dos seus estu­dos, inte­grou diver­sos pro­jec­tos como Direc­tor de Foto­gra­fia, pas­sando por publi­ci­da­des, cur­tas-metra­gens e vide­o­clips. Em cada filme pro­cura incu­tir um estilo esté­tico único, uti­li­zando vari­a­das téc­ni­cas sem­pre em arti­cu­lado com as espe­ci­fi­ci­da­des de cada pro­du­ção, que o leva­ram a tra­ba­lhar algu­mas das mais impor­tan­tes mar­cas do mer­cado Por­tu­guês entre as quais, F.C.Porto, Sonae/​Continente, Mcdo­nalds ou TAP. Em 2014 fina­li­zou as cur­tas-metra­gens Bici­cleta” e Amé­lia & Duarte”. Bici­cleta”, rea­li­zado por Luís Vieira Cam­pos, ven­ceu o Pré­mio TAP (Cur­tas Vila do Conde 2014 ) e Melhor Curta-metra­gem no Cami­nhos do Cinema Por­tu­guês. Amé­lia & Duarte”, ani­ma­ção rea­li­zada por Mónica San­tos e Alice Gui­ma­rães, teve estreia Naci­o­nal no Cur­tas Vila do Conde 2015, tendo ven­cido o Pré­mio do Publico SPA e o Pré­mio Canal+, foi ainda selec­ci­o­nada para mais de 100 fes­ti­vais inter­na­ci­o­nais, tendo sido con­si­de­rada pela direc­ção do Fes­ti­val de Annecy uma das melho­res obras a con­curso no fes­ti­val de Annecy 2015. Em 2015 ter­mi­nou a curta-metra­gem Longe” de José Oli­veira, que estreou no Fes­ti­val de Locarno de 2016. Em 2016 foi res­pon­sa­vel pela direc­ção de foto­gra­fia de segunda uni­dade da série Vidago Palace”, a pri­meira co-pro­du­ção entre a RTP e TVGa­li­cia, uma pro­du­ção HOP! e Por­to­cabo. Para além de diver­sos pro­jec­tos de publi­ci­dade, encon­tra-se a fina­li­zar a ani­ma­ção Entre Som­bras” de Alice Gui­ma­rães e Mónica San­tos, a curta-metra­gem Inverno” de Pedro Magano e O Sapato” de Luís Vieira Cam­pos.

Related Posts