Design de Som

Resumo

Pretende-se através deste módulo demonstrar qual a importância do som para a narrativa de um filme e também como o som adicional pode contar histórias dentro de uma história.
Para tal, trabalharemos a questão da importância do som no quotidiano (e no cinema), a partir da perspectiva das paisagens sonoras, da sua relação com o indivíduo, com os lugares e sua identidade, com o ambiente e com o cinema.
Para além das noções teóricas sobre este universo, o módulo terá igualmente uma componente prática, onde os formandos poderão experimentar a gravação sonora e o seu uso na composição da narrativa, construindo, a partir do material gravado, uma ou várias composições sonoras.

Objectivos a atingir

No módulo de design de som pretende-se demonstrar a importância do som para a narrativa. Isto é, como o som adicional pode contar histórias dentro de uma história. Os casos de estudo práticos deverão ser aplicados ao filme produzido durante o módulo de Realização Documental.

Plano de Sessão

1 - O som e a sua importância no quotidiano.
O que é o som? Desde quando escutamos? A paisagem sonora global.
2 - Definição de Design Sonoro.
3 - O som no cinema. Problemáticas e Reflexões.
Ouvimos o que vemos ou vemos o que ouvimos?
4 - Narrativas Sonoras: a narrativa dentro da narrativa.
Construção de narrativas sonoras a partir de material gravado e o seu enquadramento na narrativa do filme.
5 - As Paisagens Sonoras e o seu uso no cinema.
Como o som ambiente é usado (ou não) na construção do filme.
6 - A escuta criativa. Podemos escolher o que queremos escutar? O caso ‘Som do Campo’ vs ‘Som da Cidade’.
7 - Identidade sonora: os marcos sonoros.
Há sons que distinguem e definem um determinado lugar? O cinema compreende-os?
8 - Gravações sonoras de campo: o que são e qual o seu (potencial) uso no filme? Exercício prático.
9 - Composição sonora: o que podemos construir a partir do que gravámos?
10 - Exercício: um filme sonoro. A voz do som.

Material necessário

- computadores com software de edição sonora (Audacity);
- auscultadores;
- equipamento de gravação sonora.

Local

Departamento de Engenharia Informática, Pólo II
Pinhal de Marrocos, Coimbra

Data e Horário

7 de abril
9:00 — 18:00
8 horas

Inscrições

60€ estudantes / 80€ público geral
10% desconto para associados e membros UAb
Lotação máxima de 20 formandos

Inscrever

Formador

Luís Antero

Luís AnteroFonografista

Artista sonoro. Desenvolve desde 2008 um trabalho de recolha e documentação do património imaterial sonoro das zonas da Beira Serra e Serra da Estrela, com base em gravações sonoras de campo e que pode ser acompanhado através dos sites www.luisantero.yolasite.com e www.luisantero.bandcamp.com É curador da netlabel Green Field Recordings, dedicada exclusivamente à edição online de trabalhos sonoros com base em gravações sonoras de campo e do programa de rádio O Coleccionador de Sons (www.ocoleccionadordesons.yolasite.com), na Rádio Zero e Rádio Universidade de Coimbra, de 2009 a 2013. Lugar Sonoro é o seu segundo programa de rádio, com emissões quinzenais a partir da Rádio Boa Nova, em Oliveira do Hospital, com podcast em lugarsonoro.bandcamp.com Foi artista convidado e um dos responsáveis pelas gravações do projecto Sons do Arco Ribeirinho Sul, na cidade do Barreiro, director artístico do Arquivo Sonoro do Centro Histórico de Coimbra, do arquivo Sons da Montanha: Arquivo Sonoro de São Martinho de Anta (a partir de Miguel Torga), entre outros. É licenciado em Estudos Artísticos.

Outros Módulos

  • Distribuição (<span class="numbers">8</span>h)

    Distribuição (8h)

    Maria João Mayer
    — 31 de Maio de 2018
    9:30 — 18:30
    60€ estudantes / 80€ público geral