Alexandra Assis Rosa

Alexandra Assis Rosa Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

É Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, Estudos Ingleses e Alemães (FLUL, 1989), Mestre em Literatura Alemã (FLUL, 2004) e Doutorada em Estudos de Tradução (FLUL, 2004), com uma tese à negociação do poder, ideologia e da retórica interpessoal na narrativa Dickensiana traduzida para português (1950-1999).


É Pro­fes­sora Auxi­liar do Depar­ta­mento de Estu­dos Anglís­ti­cos da FLUL, onde lec­ci­ona desde 1990, e Inves­ti­ga­dora Prin­ci­pal do Cen­tro de Estu­dos Anglís­ti­cos da Uni­ver­si­dade de Lis­boa, CEAUL desde 1997, onde dirige, desde 2007, o Grupo de Inves­ti­ga­ção em Estu­dos de Tra­du­ção e Recep­ção, GI6. É cola­bo­ra­dora dos gru­pos de inves­ti­ga­ção Voice in Trans­la­tion” (UOslo) e Trans­me­dia Por­tu­gal.
É actu­al­mente Vice-Direc­tora do CEAUL e Vice-Pre­si­dente da Asso­ci­a­ção Euro­peia de Estu­dos de Tra­du­ção /​Euro­pean Soci­ety for Trans­la­tion Stu­dies, EST.
A sua inves­ti­ga­ção cen­tra-se nos Estu­dos de Tra­du­ção e, em par­ti­cu­lar, no estudo de nor­mas de tra­du­ção lite­rá­ria e audi­o­vi­sual inglês-por­tu­guês. As suas publi­ca­ções mais recen­tes inves­ti­gam a tra­du­ção de for­mas de tra­ta­mento, vari­a­ção lin­guís­tica e for­mas de relato na nar­ra­tiva lite­rá­ria; a estru­tura enun­ci­a­tiva da nar­ra­tiva lite­rá­ria tra­du­zida; bem como a rele­vân­cia que a tra­du­ção assume na cons­tru­ção do per­fil do lei­tor por­tu­guês con­tem­po­râ­neo.