Joaquim Pinto

Joaquim Pinto Direção de Som 1 e 2

É Cineasta e Produtor português. Trabalha entre 1979 e 1987 como Engenheiro de Som em mais de 40 títulos cinematográficos de diferentes realizadores, desde Manoel de Oliveira a Alain Tanner, entre outros.


Tra­ba­lhou, tam­bém, com João Bote­lho, Antó­nio Reis e Mar­ga­rida Cor­deiro, Jorge Silva Melo, Wer­ner Sch­ro­e­ter, João César Mon­teiro, Paulo Rocha, João Canijo, José Nas­ci­mento e mui­tos mais.
Depois de várias expe­ri­ên­cias como Rea­li­za­dor e Ope­ra­dor de Câmara em cur­tas-metra­gens, rea­liza a sua pri­meira longa-metra­gem – Uma Pedra no Bolso (1988). Em 1992, Das Tri­pas Cora­ção esteve sele­ci­o­nada para o Fes­ti­val de Locarno.
Como Pro­du­tor, pro­du­ziu três fil­mes para tele­vi­são, e cinco lon­gas-metra­gens, de onde sali­enta Recor­da­ções da Casa Ama­rela, de João César Mon­teiro, galar­do­ada com o Leão de Prata no Fes­ti­val de Veneza (1989).

Fil­mo­gra­fia:
. Uma Pedra no Bolso (1988)
. Onde Bate o Sol (1989)
. O Fogo: Das Tri­pas Cora­ção (1992)
. E Agora? Lem­bra-me (2013)