Blog Archives

cartaz1.jpg

Caminhos XVIII

dfgffhjk

saber mais

caminhos_cartaz_oficial_A3-page-0012.jpg

Caminhos XIX2012

2012 foi um ano de aposta numa nova linha grá­fica com a cri­a­ção de uma nova iden­ti­dade para todo o Fes­ti­val. Con­se­guiu-se atrair novos públi­cos, aumen­tar o número de fil­mes ins­cri­tos e, con­se­quen­te­mente, a qua­li­dade e diver­si­dade dos fil­mes selec­ci­o­na­dos.

O Fes­ti­val reu­niu, tam­bém, nas suas diver­sas equi­pas de Júri, nomes de relevo e de grande medi­a­tismo nas mais vari­a­das áreas das artes e do cinema. A XIX edi­ção do Fes­ti­val foi pau­tada pela oferta cul­tu­ral à cidade não só pelos fil­mes apre­sen­ta­dos na sec­ção com­pe­ti­tiva mas tam­bém na sec­ção de Ensaios Visu­ais, onde se mos­trou o que de melhor se faz nas nos­sas esco­las de cinema do nosso país. Os Cami­nhos Juni­o­res con­ti­nu­ram a cati­var, desta vez mais de 3000 cri­an­ças do dis­trito de Coim­bra, e afir­ma­ram-se uma vez mais como um espaço pri­vi­le­gi­ado para um pri­meiro con­tacto com o cinema por­tu­guês.

Esta edi­ção do Fes­ti­val ofe­re­ceu ao seu público não só uma grande amos­tra do cinema por­tu­guês, como revi­veu atra­vés da expo­si­ção O Pos­ter Cine­ma­to­grá­fico Por­tu­guês” as deza­nove edi­ções do fes­ti­val. Con­se­guiu-se tam­bém dar um outro olhar ao cinema, com o Rol­leux Du Cinema” de Anas­tas­sia Elias.

O Fes­ti­val con­se­guiu, uma vez mais, trans­for­mar Coim­bra na capi­tal do Cinema Por­tu­guês, con­tra­ri­ando a indi­fe­rença de mui­tos e des­per­tando cons­ci­ên­cias, nome­a­da­mente atra­vés da ade­são aos coló­quios e mas­ter ses­si­ons apre­sen­ta­dos.

saber mais