jpr.jpg

José Pedro Ribeiro, Presidente da Direcção do Instituto do Cinema e Audiovisual I.P. (2012)

O cinema por­tu­guês teve, ao longo da sua his­tó­ria, diver­sas fases que sem­pre o tor­na­ram um caso muito carac­te­rís­tico den­tro da cine­ma­to­gra­fia euro­peia. Desde o docu­men­tá­rio à ani­ma­ção, desde o jor­nal de atu­a­li­da­des até às vari­a­dís­si­mas comé­dias e dra­mas no campo da fic­ção, sem­pre os seus cri­a­do­res se bate­ram por ideias e cor­ren­tes ori­gi­nais e por um purismo que se ligou à tra­di­ção e ao comum viver dos por­tu­gue­ses.

Os Cami­nhos do Cinema Por­tu­guês, acon­te­ci­mento que vem mos­trando a nossa mais recente pro­du­ção cine­ma­to­grá­fica, dedi­cando tam­bém grande aten­ção a ciclos coe­ren­tes do pas­sado, cons­ti­tui um impor­tante encon­tro anual para a cele­bra­ção do nosso cinema e dos seus cri­a­do­res.