Premiados

Uma semana de bom cinema por­tu­guês, horas de exi­bi­ção, tra­zem até você o melhor do Cinema. E eis que os dife­ren­tes júris deci­di­ram os melho­res fil­mes da XVIII edi­ção dos Cami­nhos do Cinema Por­tu­guês. Fica por apu­rar ainda o Pré­mio do Público, que será o último a dar o seu vere­dicto.

E eles são:

PRÉMIO DO PÚBLICO –

Melhor Filme

Miguel Gon­çal­ves Men­des | José e Pilar”


PRÉMIOS JÚRI OFICIAL –

Grande Pré­mio do Fes­ti­val

João Canijo | San­gue do meu San­gue”

Melhor Longa-Metra­gem

Sér­gio Tré­faut | Via­gem a Por­tu­gal”

Melhor Curta-Metra­gem

Nuno Por­tu­gal | O voo da papoila”

Melhor Ani­ma­ção

Joana Ima­gi­ná­rio | Mulher Som­bra”

Melhor Docu­men­tá­rio

Miguel Gon­çal­ves Men­des | José e Pilar”

Pré­mio Reve­la­ção

João Nuno Pinto | Amé­rica”

Pré­mio Melhor Actor

Fer­nando Luís | Amé­rica”

Pré­mio Melhor Actor Secun­dá­rio

Ângelo Tor­res | Estrada de Palha”

Melhor Actriz

Rita Blanco | San­gue do meu San­gue”

Melhor Actriz Secun­dá­ria

Isa­bel Ruth | Via­gem a Por­tu­gal”

Melhor Rea­li­za­dor

João Canijo | San­gue do Meu San­gue”

Melhor Direc­ção Artís­tica

João Nunes e Pedro Soa­res | Quinze Pon­tos na Alma”

Melhor Argu­mento Ori­gi­nal

João Canijo | San­gue do meu San­gue”

Melhor Argu­mento Adap­tado

Luísa Costa Gomes e Edgar Pêra | O Barão”

Melhor Foto­gra­fia

Luís Bran­qui­nho | O Barão”

Melhor Guarda-Roupa

Paulo Gomes |“Quinze Pon­tos na Alma”

Melhor Carac­te­ri­za­ção

Jorge Bra­gada | O Barão”

Melhor Mon­ta­gem

Tiago Antu­nes | O Barão”

Melhor Som

Vasco Pimen­tel, Tiago Matos, Joel Ran­gon | Cisne”

Melhor Música Ori­gi­nal

The Len­gen­dary Tiger­man & Rita Redshoes | Estrada de Palha”

PRÉMIOS JÚRI ENSAIOS VISUAIS
MELHOR FILMEAle­go­ria dos Sen­ti­dos” de Nel­son de Cas­tro e Wil­son Pereira | Uni­ver­si­dade Lusó­fona

MENÇÃO HONROSA -

André Gui­o­mar | Piton” | Uni­ver­si­dade Cató­lica Por­tu­guesa – Porto

PRÉMIO JÚRI FICC| IFSS
PRÉMIO D. QUIJOTE

Marta Mon­teiro | Inde­pen­dên­cia de Espí­rito”

MENÇÃO HONROSA

Miguel Gon­çal­ves Men­des | José e Pilar”

PRÉMIO REVISTA C –

Vicente Alves do Ó | Quinze Pon­tos na Alma”