Comité Científico

As propostas de comunicação apre­sen­ta­das na 4.ª edição do Simpósio “Fusões no Cinema” pas­sa­rão por um pro­cesso de revi­são por pares, rea­lizado sob a forma de aná­lise cega (blind-review), de modo a garan­tir a isen­ção e impar­ci­a­li­dade da ava­li­a­ção.

  • António Costa Valente

    António Costa ValenteUniversidade de Aveiro

    É Doutorado em Cinema, ensina na Universidade de Aveiro. Produziu e co-realizou a primeira longa-metragem do cinema de animação portuguesa - “Até ao Tecto do Mundo”. É diretor do Festival de Cinema AVANCA desde 1997 e da conferência científica AVANCA|CINEMA desde 2010. Como realizador e produtor, foi distinguido com cerca de duas centenas de prémios em festivais nos cinco continentes. É dirigente da Academia Portuguesa de Cinema, coordenador nacional do INPUT-TV e co-editor do Internacional Journal of Cinema, entre outras organizações.

  • António Moreira

    António MoreiraUniversidade Aberta

    É Doutorado e Mestre em Ciências da Educação pela Universidade de Coimbra e concluiu programa de Pós-Doutoramento em Tecnologias Educacionais e da Comunicação também na Universidade de Coimbra. É Professor Auxiliar no Departamento de Educação e Ensino à Distância (DEED), da Universidade Aberta.

    É Licenciado em História da Arte pela Universidade de Coimbra e Especialista em Multimédia pela Universidade do Porto.

    Atualmente é Diretor da Delegação Regional do Porto da UAb, Coordenador da Unidade de Desenvolvimento dos Centros Locais de Aprendizagem (UMCLA) e Coordenador Executivo da Unidade Móvel de Investigação em Estudos do Local (ELO) da Universidade Aberta.

    É, ainda, Investigador Integrado no Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (CEIS20) da Universidade de Coimbra e formador nas áreas da Educação Online e das Tecnologias Educativas, autor de várias publicações no país e no estrangeiro e membro de Conselhos Editoriais e revisor de revistas científicas na área da Educação.

  • Elsa Margarida Rodrigues

    Elsa Margarida RodriguesUniversidade de Coimbra

    Elsa Margarida Rodrigues é investigadora do Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos e do Instituto de Psicologia Cognitiva Desenvolvimento Humano e Social da Universidade de Coimbra. É licenciada em Filosofia e Jornalismo e doutorada em Sociologia da Cultura pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra com a tese Alteridade, Tecnologia e Utopia no Cinema de Ficção Científica Norte Americano: o Caso Alien. Publicou em 2012 os livros Ecos do Mundo Zero: Guia de interpretação de Futuros, Aliens e Ciborgues e Do Oitavo Passageiro ao Clone Número Oito. Ao longo dos anos tem leccionado em diversas instituições de ensino secundário, politécnico e superior.

  • Fátima Chinita

    Fátima ChinitaEscola Superior de Teatro e Cinema

    Fátima Chinita é licenciada em Línguas e Literaturas Modernas (Português e Inglês), pela UL; bacharel em Cinema (Montagem), pela Escola Superior de Teatro e Cinema, do antigo Conservatório Nacional; mestre em Ciências da Comunicação (Cultura e Novas Tecnologias), pela FCSH-UNL e doutora em Estudos Artísticos (Cinema e Audiovisuais) pela UL. É Professora Adjunta na Escola Superior de Teatro e Cinema (IPL) e encontra-se a efectuar a investigação pós-doutoral “O cinema como a arte das artes: a alegoria da criação no cinema de autor como projecto discursivo e sinestésico intermedial”, alojada nos centros de investigação Labcom.IFP (UBI, Portugal) e IMS - Intermediality and Multimodality Forum (Universidade de Linnaeus, Suécia). É autora do livro O Espectador (In)visível – Reflexividade na Óptica do Espectador em INLAND EMPIRE, de David Lynch (Covilhã: Livros LABCOM, 2013). 

  • Fausto Cruchinho

    Fausto CruchinhoUniversidade de Coimbra

    Doutor em Estudos Artísticos, área de especialização em Estudos Fílmicos e da Imagem, pela Universidade de Coimbra, com a apresentação da tese “Roberto Rossellini: a ‘televisão de autor’”.

    Mestre em Estudos Cinematográficos e Audiovisuais, pela Universidade Paris 8-Saint Denis, com a apresentação da dissertação "Le désir amoureux dans 'Les cannibales' de Manoel de Oliveira".

    Licenciado em Cinema pela Escola Superior de Teatro e Cinema do InstitutoPolitécnico de Lisboa.

    Professor Auxiliar da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Curso de Estudos Artísticos.

    Investigador Integrado do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (CEIS20) da Universidade de Coimbra. Grupo Correntes Artísticas e Movimentos Intelectuais.

  • Filipe Costa Luz

    Filipe Costa LuzUniversidade Lusófona de Humanidades e Tecnologia / Universidade Nova de Lisboa

    Filipe Costa Luz é doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade Nova de Lisboa e professor de disciplinas de Pós-produção de imagem para cinema, animação e videojogos.. É director da licenciatura em Aplicações Multimédia e Videojogos e sub-director dos ciclos de Design da Universidade Lusófona. Co-dirige o laboratório MovLab (Laboratório de Interacções e Interfaces) no qual desenvolve actividade de investigação e organiza eventos de formação especializada (H2020, projecto Media e Erasmus+). Publicou o livro "Jogos de Computador e Cinema" e paralelamente à actividade lectiva, participa em projectos de comunicação visual para os mercados de entretenimento e publicidade.

  • Luís Nogueira

    Luís NogueiraUniversidade da Beira Interior

    Dirige a Licenciatura em Cinema da Universidade da Beira Interior, onde é Professor Auxiliar no Departamento de Comunicação e Artes. Leciona ou lecionou unidades curriculares como Géneros Cinematográficos, Laboratório de Guionismo, Montagem, História do Cinema e Cinema de Animação, entre outros.

  • Manuela Penafria

    Manuela PenafriaUniversidade da Beira Interior

    Professora no Dept. de Comunicação e Artes, da Universidade da Beira Interior e investigadora do Labcom.IFP. Membro do Conselho Consultivo da AIM-Associação dos Investigadores da Imagem em Movimento e membro da comissão científica de revistas portuguesas e brasileiras. Co-Editora da revista DOC On-line dedicada ao filme documentário. Recentemente co-editou os livros Teoria dos cineastas, vol. I e II.

  • Maria do Céu Marques

    Maria do Céu MarquesUniversidade Aberta

    É Doutorada em Filologia Inglesa pela Universidade de Salamanca. É investigadora do Centro de Estudos das Migrações e das Relações Interculturais, Media e Mediações Culturais (CEMRI) e colaboradora do Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa (CEAUL).

    É Licenciada em Filologia Germânica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

    É Professora Auxiliar do Departamento de Humanidades, na Universidade Aberta e coordenadora do Mestrado em Estudos sobre a Europa (MESE), vice-coordenadora da Licenciatura em Estudos Europeus e responsável pela unidade curricular de Literatura e Cinema no Mestrado em Artes e Educação (MAE), tendo participado em vários encontros organizados no âmbito deste Mestrado.

    Tem orientado dissertações de mestrado e teses de doutoramento na área dos Estudos Ingleses e Americanos (Literatura e Cinema) e das Ciências da Educação e tem participado em vários encontros e colóquios em Portugal e no estrangeiro.

    É autora de vários artigos nas áreas da Literatura, Cultura e Cinema publicados em atas de congressos nacionais e internacionais e capítulos de livros. Integra o Comité Técnico Científico do Seminário Histórias de Roteiristas promovido pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (S. Paulo), desde 2009, e a Comissão Científica da Conferência Internacional de Cinema de Viana, desde 2012.

  • Maria José Veiga

    Maria José VeigaUniversidade de Aveiro

    É Doutorada em Tradução (2006), pela Universidade de Aveiro e Mestre em Estudos Anglo-Americanos (1997), pela Universidade do Porto e Licenciada em Português-Inglês (1991), pela Universidade de Aveiro. É investigadora do Centro de Investigação do Departamento de Línguas e Culturas da Universidade de Aveiro. Tem desempenhado funções em vários níveis de ensino Secundário (desde 1990) e Superior (1998-2015) nas áreas do ensino das línguas portuguesa e inglesa. Tem apresentado comunicações em encontros científicos nacionais e internacionais. Tem publicações que versam sobre os campos das ciências da linguagem (linguísticas de expressões portuguesa e anglófona, tradução, linguística textual, texto fílmico e metodologias de ensino das línguas), da intercompreensão e aquisição das línguas estrangeiras, das literaturas (portuguesa e anglófona), da tradução interlinguística e para os media.

    Foi Coordenadora do Ensino do Português no Reino Unido, na Embaixada de Portugal, em Londres (2010-2011). Pertence à Transmedia Portugal desde 2011.

  • Marina Estela Graça

    Marina Estela GraçaUniversidade do Algarve

    Investigadora em Análise Crítica em Animação e diretora do curso de Imagem Animada da Universidade do Algarve, Portugal. Autora de duas curtas-metragens, de um livro e de artigos científicos. Tem orientado mestrados e doutoramentos e participado em júris, conferências, seminários e comissões científicas internacionais na sua área de investigação.

  • Nelson Zagalo

    Nelson ZagaloUniversidade de Aveiro

    Nelson Zagalo é professor de media interativos na Universidade do Minho, onde co-dirige o grupo de investigação engageLab. É membro-fundador da Sociedade Portuguesa de Ciências dos Videojogos. É editor do blog Virtual Illusion, autor dos livros "Emoções Interactivas, do Cinema para os Videojogos" e "Videojogos em Portugal - História, Tecnologia e Arte", e editor de Virtual Worlds and Metaverse Platforms: New Communication and Identity Paradigms” (2011) e “Creativity in the Digital Age” (2015).

  • Sara Dias Trindade

    Sara Dias TrindadeUniversidade de Coimbra

    Doutora em História: Didática da História. Professora Auxiliar Convidada no Departamento de História, Estudos Europeus, Arqueologia e Artes da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Investigadora Integrada no Grupo Humanidades Digitais e no Núcleo de Estudos em Pedagogia no Ensino Superior bem como membro da Equipa de Coordenação do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (CEIS20) da Universidade de Coimbra. É também investigadora na Unidade Móvel de Investigação em Estudos do Local da Universidade Aberta e em vários grupos de pesquisa de diferentes universidades brasileiras. Tem trabalhado sobretudo nas áreas da Formação de Professores, da Didática e das Tecnologias Educativas, tem publicado diversos textos em publicações nacionais e internacionais, com referee, nessas mesmas áreas e tem participado em eventos nacionais e internacionais, como oradora convidada, nas áreas da Formação de Professores e das Tecnologias Educativas.

  • Sérgio Dias Branco

    Sérgio Dias BrancoUniversidade de Coimbra

    Sérgio Dias Branco é Professor Auxiliar de Estudos Fílmicos na Universidade de Coimbra, onde coordena os Estudos Fílmicos e da Imagem e dirige o Mestrado em Estudos Artísticos. Integra o Instituto de  Filosofia da Nova (IFILNOVA), colabora com o Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (CEIS20), e é membro convidado do grupo de análise fílmica da Universidade de Oxford, “The Magnifying Class”. Leccionou na Universidade Nova de Lisboa e na Universidade de Kent, onde lhe foi atribuído o grau de doutor em Estudos Fílmicos. É co-editor das revistas Cinema: Revista de Filosofia e da Imagem em Movimento  e Conversations: The Journal of Cavellian Studies e autor do livro Por Dentro das Imagens: Obras de Cinema, Ideias do Cinema (Documenta, 2016).