Comité Científico

As propostas de comunicação apre­sen­ta­das na presente edição do Simpósio “Fusões no Cinema” pas­sa­rão por um pro­cesso de revi­são por pares, rea­lizado sob a forma de aná­lise cega (blind-review), de modo a garan­tir a isen­ção e impar­ci­a­li­dade da ava­li­a­ção.

  • Ana Cristina Almeida

    Ana Cristina AlmeidaUniversidade de Coimbra

    Doutorada em Psicologia da Educação pela Universidade de Coimbra é Professora Auxiliar na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação desta Universidade, onde desempenha funções de docência, investigação e prestação de serviços à comunidade. Colabora em projetos comunitários de capacitação da população e de grupos especiais, pelo lúdico e expressões. Interesses de investigação e de intervenção na promoção da aprendizagem e do desenvolvimento dialogicamente em ambientes formais e não-formais. Participa em projetos europeus relacionados com inclusão social e diálogo intercultural em contextos de educação. Coordena e equipa portuguesa do projeto «Lend a Hand» de inclusão de crianças e jovens imigrantes / refugiados. É membro da Unidade de Investigação Instituto de Psicologia Cognitiva, Desenvolvimento Humano e Social, curadora do Laboratório de Inovação em Psicoterapia e Sistemas (LIPS) com foco na intervenção comunitária para apoio de pessoas em situação desfavorecida. É curadora da Fundação Graça Gonçalves, entidade instituidora do Lugar dos Afetos®. Coordena uma plataforma de investigação e de intervenção assente na exploração e análise sistemática de jogos / lúdico para a promoção de literacias diversas e de competências. É autora de trabalhos publicados. Integra Comissões Científicas de Encontros anuais como «Jogos e Mobile Learning» ou «European Conference on Game Based Learning».

  • António Costa Valente

    António Costa ValenteUniversidade de Aveiro

    Doutorado em cinema, é docente nas universidades públicas de Aveiro, Vila Real e dirige o Departamento de Teatro e Cinema da ESAP – Escola Superior Artística do Porto. Produziu e co-realizou a primeira longa-metragem do cinema de animação português “Até ao Tecto do Mundo”. Como realizador e produtor, foi distinguido com mais de três centenas de prémios em festivais nos cinco continentes. Diretor do Festival de Cinema AVANCA desde 1997 (www.avanca.com) e da “AVANCA | CINEMA, Conferência Internacional Cinema – Arte, Tecnologia, Comunicação” desde 2010 (www.avanca.org). É editor do “International Journal of Cinema” (ISSN 2182-2158) e da também revista científica “Persona” (ISSN 2183-1149). Integra os corpos gerentes do Cine Clube de Avanca, da Academia Portuguesa de Cinema e Federação Portuguesa de Cineclubes, entre outros.

  • António Moreira

    António MoreiraUniversidade Aberta

    É Doutorado e Mestre em Ciências da Educação pela Universidade de Coimbra e concluiu programa de Pós-Doutoramento em Tecnologias Educacionais e da Comunicação também na Universidade de Coimbra. É Professor Auxiliar no Departamento de Educação e Ensino à Distância (DEED), da Universidade Aberta.

    É Licenciado em História da Arte pela Universidade de Coimbra e Especialista em Multimédia pela Universidade do Porto.

    Atualmente é Diretor da Delegação Regional do Porto da UAb, Coordenador da Unidade de Desenvolvimento dos Centros Locais de Aprendizagem (UMCLA) e Coordenador Executivo da Unidade Móvel de Investigação em Estudos do Local (ELO) da Universidade Aberta.

    É, ainda, Investigador Integrado no Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (CEIS20) da Universidade de Coimbra e formador nas áreas da Educação Online e das Tecnologias Educativas, autor de várias publicações no país e no estrangeiro e membro de Conselhos Editoriais e revisor de revistas científicas na área da Educação.

  • Clara Almeida Santos

    Clara Almeida SantosUniversidade de Coimbra

    É Doutorada em Ciências da Comunicação pela Universidade de Coimbra e Professora Auxiliar no Departamento de Filosofia, Comunicação e Informação da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Participou em diversos projetos europeus relacionados com o diálogo intercultural. Foi consultora do Conselho da Europa no âmbito da campanha “Speak Out Against Discrimination”. Jornalista, trabalhou no Canal de Notícias de Lisboa e na SIC. Diretora da UCV - Televisão Web da Universidade de Coimbra –, foi editora da revista Rua Larga. Trabalhou como diretora de comunicação da Interacesso.

  • Daniel Ribas

    Daniel RibasProgramador / Investigador

    Nasceu e vive no Porto. É diretor e programador do Porto/Post/Doc. É também colaborador do Curtas Vila do Conde. Atualmente, é professor de cinema da Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa e membro do CITAR – Centro de Investigação em Ciência e Tecnologia das Artes. É Doutor em Estudos Culturais pelas Universidades de Aveiro e do Minho. Tem escrito diversos artigos e capítulos de livros sobre cinema português contemporâneo, cinema experimental e documentário. Membro fundador e Presidente da atual direção da AIM - Associação de Investigadores da Imagem em Movimento.

  • Eduardo Santos

    Eduardo SantosUniversidade de Coimbra

    Doutorado em Psicologia e com Agregação em Aconselhamento Psicológico, é Professor Associado da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, colaborando com outras instituições, nomeadamente a State University of New York, USA (Adjunct Professor) e a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Brasil (Pesquisador Associado). É o Coordenador Científico da unidade de R&D Instituto de Psicologia Cognitiva, Desenvolvimento Humano e Socialda Universidade de Coimbra/FCT. Os seus atuais interesses focam-se nos processos de constituição de novas subjetividades e intersubjetividades, com relevo particular para as identidades digitais, encontrando-se neste momento a desenvolver um projeto sobre “screen time” e “e-minds”.

  • Elsa Margarida Rodrigues

    Elsa Margarida RodriguesUniversidade de Coimbra

    Elsa Margarida Rodrigues é investigadora do Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos e do Instituto de Psicologia Cognitiva Desenvolvimento Humano e Social da Universidade de Coimbra. É licenciada em Filosofia e Jornalismo e doutorada em Sociologia da Cultura pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra com a tese Alteridade, Tecnologia e Utopia no Cinema de Ficção Científica Norte Americano: o Caso Alien. Publicou em 2012 os livros Ecos do Mundo Zero: Guia de interpretação de Futuros, Aliens e Ciborgues e Do Oitavo Passageiro ao Clone Número Oito. Ao longo dos anos tem leccionado em diversas instituições de ensino secundário, politécnico e superior.

  • Emidio Buchinho

    Emidio BuchinhoDesigner, Montador e Operador de Som

    Licenciado em Cinema, no ramo de Som, pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Diplomado em música e guitarra pela Academia de Música e Belas Artes Luísa Todi e pelo Conservatório Municipal de Château-Thierry. Especialista em Som para Audiovisual e Multimédia. Doutorando em Ciência e Tecnologia das Artes – Informática Musical, na Universidade Católica Portuguesa. Professor universitário e formador credenciado em Som para Audiovisuais e Multimédia, Música Electrónica e Experimental. Co-fundador e co-director da associação Granular. Trabalha regularmente em composição, execução e produção de música; design, montagem e operação de som para filme, documentário, teatro, dança, instalação, intermedia e publicidade televisiva, em Portugal e no estrangeiro.

  • Fátima Chinita

    Fátima ChinitaEscola Superior de Teatro e Cinema

    Fátima Chinita é licenciada em Línguas e Literaturas Modernas (Português e Inglês), pela UL; bacharel em Cinema (Montagem), pela Escola Superior de Teatro e Cinema, do antigo Conservatório Nacional; mestre em Ciências da Comunicação (Cultura e Novas Tecnologias), pela FCSH-UNL e doutora em Estudos Artísticos (Cinema e Audiovisuais) pela UL. É Professora Adjunta na Escola Superior de Teatro e Cinema (IPL) e encontra-se a efectuar a investigação pós-doutoral “O cinema como a arte das artes: a alegoria da criação no cinema de autor como projecto discursivo e sinestésico intermedial”, alojada nos centros de investigação Labcom.IFP (UBI, Portugal) e IMS - Intermediality and Multimodality Forum (Universidade de Linnaeus, Suécia). É autora do livro O Espectador (In)visível – Reflexividade na Óptica do Espectador em INLAND EMPIRE, de David Lynch (Covilhã: Livros LABCOM, 2013). 

  • Fausto Cruchinho Pereira

    Fausto Cruchinho PereiraUniversidade de Coimbra

    Doutor em Estudos Artísticos, área de especialização em Estudos Fílmicos e da Imagem, pela Universidade de Coimbra Professor Auxiliar da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Curso de Estudos Artísticos. Investigador Integrado do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (CEIS20) da Universidade de Coimbra. Grupo Correntes Artísticas e Movimentos Intelectuais.

  • Filipe Costa Luz

    Filipe Costa LuzUniversidade Lusófona

    É Doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade Nova de Lisboa. Atualmente, coordena a Licenciatura em Aplicações Multimédia e Videojogos, é vice-presidente da Licenciatura em Animação Digital e do Mestrado em Artes de Animação, da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. Discursa sobre pós-produção digital para Cinema, Televisão, Videojogos e Animação e faz investigação em projetos de Ciências da Comunicação, Informática e Artes. O seu trabalho no MovLab - Laboratório de Interações e Interfaces, nas áreas do Entretenimento, Design e Comunicação são um exemplo das várias áreas em que está envolvido a nível académico e profissional.

  • João Mário Grilo

    João Mário GriloUniversidade Nova de Lisboa

    João Mário Lourenço Bagão Grilo (Figueira da Foz, 8 de Novembro de 1958) é um professor universitário, ensaísta e cineasta português. É licenciado em Sociologia (1983) e doutorado em Ciências da Comunicação (1987). É Professor Catedrático do Departamento de Ciências da Comunicação da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Tem publicado artigos de crítica, história e teoria do cinema e da imagem. Foi autor de uma coluna intitulada Imagens, publicada na revista Visão. Realizador, sua primeira longa-metragem, A Estrangeira (1983), recebeu o Prémio Georges Sadoul no Festival de Veneza.

  • Luís Nogueira

    Luís NogueiraUniversidade da Beira Interior

    Luís Nogueira é Professor Auxiliar no Departamento de Comunicação e Artes da Universidade da Beira Interior, onde foi diretor da licenciatura em Cinema, entre 2008 e 2015. Leciona ou lecionou unidades curriculares como Géneros Cinematográficos, Laboratório de Guionismo, Montagem, História do Cinema, Cinema de Animação, Cinema e Outras Artes ou Teoria dos Cineastas. Doutorou-se com a tese Narrativas Fílmicas e Videojogos. Articulações e dissensões. A dissertação de mestrado denomina-se Violência e Cinema. Monstros, soberanos, ícones e medos. A relação do cinema com as demais artes e média, como a literatura, a pintura, o teatro, a fotografia, a banda desenhada, o videoclip ou os novos meios, bem como a intertextualidade, a intermedialidade e a transmedialidade são outros temas do seu interesse. Publicou diversos manuais de cinema como Laboratório de Guionismo, Géneros Cinematográficos, Planificação e Montagem, Os Cineastas e a sua Artee Histórias do Cinema. Outros textos sobre temas diversos da sétima arte estão compilados nos livros Cinema e Digital: Ensaios, Especulações, Expectativase Cinema Múltiplo: Figuras, Temas, Estilos, Dispositivos (todos eles disponíveis em livroslabcom.ubi.pt).

  • Manuela Penafria

    Manuela PenafriaUniversidade da Beira Interior

    Professora no Departamento de Comunicação e Artes, da Universidade da Beira Interior e investigadora do Labcom.IFP. Membro do Conselho Consultivo da AIM-Associação dos Investigadores da Imagem em Movimento e membro da comissão científica de revistas portuguesas e brasileiras. Co-Editora da revista DOC On-line dedicada ao filme documentário. Co-editou três volumes da coleção Teoria dos cineastas, uma linha de investigação que desenvolve com investigadores brasileiros e espanhóis: Ver, ouvir e ler os cineastas, vol 1; Propostas para a teoria do cinema, vol. 2 e Revisitar a teoria do cinema, vol. 3.

  • Maria do Céu Marques

    Maria do Céu MarquesUniversidade Aberta

    É Doutorada em Filologia Inglesa pela Universidade de Salamanca. É investigadora do Centro de Estudos das Migrações e das Relações Interculturais, Media e Mediações Culturais (CEMRI) e colaboradora do Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa (CEAUL).

    É Licenciada em Filologia Germânica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

    É Professora Auxiliar do Departamento de Humanidades, na Universidade Aberta e coordenadora do Mestrado em Estudos sobre a Europa (MESE), vice-coordenadora da Licenciatura em Estudos Europeus e responsável pela unidade curricular de Literatura e Cinema no Mestrado em Artes e Educação (MAE), tendo participado em vários encontros organizados no âmbito deste Mestrado.

    Tem orientado dissertações de mestrado e teses de doutoramento na área dos Estudos Ingleses e Americanos (Literatura e Cinema) e das Ciências da Educação e tem participado em vários encontros e colóquios em Portugal e no estrangeiro.

    É autora de vários artigos nas áreas da Literatura, Cultura e Cinema publicados em atas de congressos nacionais e internacionais e capítulos de livros. Integra o Comité Técnico Científico do Seminário Histórias de Roteiristas promovido pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (S. Paulo), desde 2009, e a Comissão Científica da Conferência Internacional de Cinema de Viana, desde 2012.

  • Pedro Alves

    Pedro AlvesUniversidade Católica Porto

    Doutor em Comunicação Audiovisual pela Faculdade de Ciências da Informação da Universidade Complutense de Madrid. Docente do Departamento de Som e Imagem da Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa (Porto). Investigador do CITCEM-FLUP desde 2012 e membro da Associação Científica ICONO14 (Espanha) desde 2010. Formador do Plano Nacional de Cinema desde 2015. Participação em vários congressos e variadas publicações sobre cinema, narrativa, ficção e a pragmática fílmica, com particular incidência na aprendizagem através do cinema.

  • Pedro Lopes

    Pedro LopesArgumentista / Docente

    Pedro Lopes. Licenciado em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Mestre em Comunicação, Cinema e Televisão, e doutorando em Ciências da Comunicação pela Universidade Católica de Lisboa. Desde 2007 exerce funções como Director de Conteúdos da produtora SP Televisão. Professor no Mestrado de Audiovisual e Multimédia e na pós-graduação em Storytelling, da Escola Superior de Comunicação Social de Lisboa e no Mestrado de Comunicação, Televisão e Cinema, da Universidade Católica de Lisboa. Ainda no âmbito académico é Investigador do Centro de Estudos de Comunicação e Cultura, da Universidade Católica de Lisboa, e vice-coordenador da equipa portuguesa do Observatório Ibero-Americano da Ficção Televisiva. Em 2011 venceu o prémio especial do júri com a série Cidade Despida, no International Festival of Detective Films And Television Programs, em Moscovo, e um Emmy na categoria de Melhor Telenovela Internacional com Laços de Sangue, atribuído pela Academy of Television Arts & Sciences. Em 2013 foi nomeado para os prémios Sophia, da Academia Portuguesa de Cinema, na categoria de melhor argumento original com a longa-metragem Assim Assim. Em 2016 venceu com Coração d’Ouro a medalha de ouro de melhor telenovela internacional no New York Festival’s World’s Best TV & Films.

  • Sara Dias Trindade

    Sara Dias TrindadeUniversidade de Coimbra

    Doutora em História - Didática da História. Professora Auxiliar Convidada no Departamento de História, Estudos Europeus, Arqueologia e Artes da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Investigadora no Grupo Humanidades Digitais e no Núcleo de Estudos em Pedagogia no Ensino Superior do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (CEIS20-UC) da Universidade de Coimbra, integrando, atualmente, a equipa de coordenação do referido Centro. É também investigadora na Unidade Móvel de Investigação em Estudos do Local da Universidade Aberta e em vários grupos de pesquisa de diferentes universidades brasileiras. Tem participado em diferentes projetos internacionais relacionados com as Tecnologias Educativas e com a Formação de Professores. As suas áreas de interesse e investigação são as da Didática, da Formação de Professores, das Tecnologias Educativas e do Cinema na Educação, tendo participado em diferentes publicações nacionais e internacionais e sido oradora convidada, tanto em Portugal como no estrangeiro, nessas mesmas áreas.

  • Sérgio Dias Branco

    Sérgio Dias BrancoUniversidade de Coimbra

    Sérgio Dias Branco é Professor Auxiliar de Estudos Fílmicos na Universidade de Coimbra, onde coordena os Estudos Fílmicos e da Imagem e dirige o Mestrado em Estudos Artísticos. É coordenador do LIPA - Laboratório de Investigação e Práticas Artísticas. Integra o Instituto de  Filosofia da Nova (IFILNOVA), colabora com o Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (CEIS20), e é membro convidado do grupo de análise fílmica da Universidade de Oxford, “The Magnifying Class”. Leccionou na Universidade Nova de Lisboa e na Universidade de Kent, onde lhe foi atribuído o grau de doutor em Estudos Fílmicos. É co-editor das revistas Cinema: Revista de Filosofia e da Imagem em Movimento e Conversations: The Journal of Cavellian Studies e autor do livro Por Dentro das Imagens: Obras de Cinema, Ideias do Cinema (Documenta, 2016).

  • Tiago Baptista

    Tiago BaptistaDirector Arquivo Nacional das Imagens em Movimento

    Tiago Baptista é diretor do Arquivo Nacional das Imagens em Movimento, o centro de conservação da Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema. É doutorado em Film and Screen Media pela Universidade de Londres (Birkbeck College) e investigador integrado do Instituto de História Contemporânea-NOVA FCSH.