20141116_-_CCP_XX-Master-Session-Sonhar-e-Ficcionar-em-Português-Tiago-R-Santos-Inês-Oliveira-Luísa-Sequeira-Paulo-DAlva-web__1_de_1.jpg

TAGV palco de ante-estreia nacional de Virados do Avesso”

Texto: Afonso Bas­tos
Foto­gra­fia: Tiago San­tos
Com uma sala sobe­ja­mente com­posta, a longa-metra­gem de Edgar Pêra trouxe, aos espec­ta­do­res que tive­ram a cora­gem de enfren­tar a chuva da noite Coim­brã, um serão enri­que­ce­dor. Vira­dos do Avesso”, que teve, hoje, a sua ante-estreia em Coim­bra, deam­bula nas teias da mente humana, atra­vés da amné­sia selec­tiva de João que, dado este con­di­ci­o­na­mento, esquece a sua ori­en­ta­ção sexual. Com Diogo Mor­gado e Jorge Cur­rula nos papéis prin­ci­pais e acto­res como Nuno Melo, Nico­lau Brey­ner, José Wal­lens­tein, Rui Unas e Anselmo Ralph nos papéis secun­dá­rios, esta longa-metra­gem rapi­da­mente se afir­mou como o grande des­ta­que do dia.
Ape­sar do elenco de luxo apre­sen­tado na última pelí­cula apre­sen­tada, o car­taz deste Sábado con­tou com outros títu­los mar­can­tes no novo cinema por­tu­guês. Bué Sabi” e Bobô” con­ta­ram com a pre­sença das rea­li­za­do­ras Patrí­cia Vidal Del­gado e Inês Oli­veira, res­pec­ti­va­mente, para uma con­versa infor­mal com o público.
Para o encer­ra­mento das acti­vi­da­des, a mas­ter ses­sion Sonhar e Fic­ci­o­nar em Por­tu­guês” jun­tou em con­versa Luísa Sequeira (Júri de Imprensa), Paulo D’Alva (rea­li­za­dor da curta de ani­ma­ção Car­ro­trope”) e Inês Oli­veira (rea­li­za­dora da longa-metra­gem Bobô”). A mode­ra­ção deste momento de par­ti­lha de ideias esteve a cargo do argu­men­tista Tiago R. San­tos.
O dia de hoje, domingo, é mar­cado pela apre­sen­ta­ção do docu­men­tá­rio de Jorge Peli­cano, Pára-me de Repente o Pen­sa­mento”, for­ma­dor do módulo de Cinema Docu­men­tal, da quarta edi­ção do curso Cine­ma­lo­gia – Da Ideia ao Filme.
Tam­bém impor­tante, é a apre­sen­ta­ção do pri­meiro filme de Marco Ama­ral, o Outono”.